Gulosos

 

Para os gulosos de plantão

Gulosos também da estética popular, poética, superstições, expressões, ditos e regionalismo da nossa língua.

O comer e o beber dito e escrito  !

do Blog culinário:   http://piteucozinhafetiva.com/

1- A cereja do bolo (A melhor parte)
2- Acabou-se o que era doce! (Acabou a mordomia)
3- Adoçar a boca (Agradar, bajular)
4- Água com açúcar (Bobo)
5- Água que passarinho não bebe (Cachaça)
6- Apertado que nem sardinha em lata. (Espremido)
7- Apressado come cru (Quem não sabe esperar a hora certa se dá mal)
8- Araruta tem seu dia de mingau (Uma oportunidade que surge para alguém)
9- Angu de caroço (Pessoa difícil)
10- Arroz-de-festa (Pessoa que está em todas)
11- Babar ovo (Bajular)
12- Bacalhau em porta de venda (Muito magro)
13- Bata-me um abacate! (Me poupe!)
14- Batata quente (Problema)
15- Bateu bife na tábua dos 10 mandamentos (Fez algo ruim e está sendo castigado)
16- Beber na fonte (Ter influência do trabalho, geralmente artístico ou intelectual de alguém)
17- Boca de siri (Promessa de segredo)
18- Café pequeno (Moleza)
19- Cara de quem comeu e não gostou (Cara feia)
20- Canja de galinha (Fácil)
21- Carne de pescoço (Pessoa difícil)
22- Cheirando a alho (Novinho)
23- Chorar as pitangas (Se lamentar)
24- Chuchuzinho (Mulher bonita)
25- Colocar a mão na massa (Trabalhar)
26- Colocar mais água no feijão (Fazer mais comida)
27- Colou chiclete na mesa da Santa Ceia (Passando por um momento difícil)
28- Com a faca e o queijo na mão (Com uma boa oportunidade nas mãos)
29- Com cara de quem comeu e não gostou (Cara feia)
30- Come-quieto (Aquele que fica na dele; na cocó)
31- Comer com farinha (fazer uso abusivo)
32- Comer o lanche antes da hora da merenda (Engravidar sem planejar)
33- Comer pelas beiradas (Aos poucos)
34- Comer urubu e arrotar faisão/ comer mortadela e arrotar caviar (Tentar parecer o que não é)
35- Comeu cocô de colherinha (Tá maluco)
36- Comeu o pão que o diabo amassou (Se deu mal, passou por maus bocados)
37- Confundir alhos com bugalhos (Fazer confusão)
38- Cortou salsinha na tábua dos dez mandamentos (Equivale a jogar pedra na cruz, passando por maus bocados)
39- Cuspiu no prato que comeu (Soberba)
40- Da fruta que fulano gosta, eu como até o caroço (Gosto mais ainda)
41- Dar uma colher de chá (Dar uma chance)
42- Dar um refresco (Dar um tempo)
43- Dando sopa (Dando mole)
44- Dar mais volta que bolacha em boca de velha (Enrolar)
45- Dar milho pra bode (Fazer o gosto)
46- Dar uma banana (Mandar à merda)
47- Dar um bolo (Furar um compromisso)
48- De caju em caju (De vez em quando)
49- Defender o leite das crianças (Trabalhar)
50- De ovo virado (De mau-humor)
51- Descascar um abacaxi (Resolver um problema)
52- Docinho (Forma carinhosa de chamar alguém)
53- Doce-de-coco (Forma carinhosa de se chamar alguém)
54- É de pequenino que se torce o pepino (É de criança que se aprende)
55- Em panela que muito se mexe a comida azeda (Deixa quieto!)
56- Em ponto de bala (Pronto)
57- Enfiar o pé na jaca (Tomar todas)
58- Enquanto você vinha com o milho eu já estava voltando com o xerém (Ser rápido no gatilho)
59- Escorregar no quiabo (Vacilar)
60- Entregar de bandeja (Facilitar)
61- Enxugar gelo (Fazer algo inútil)
62- Estômago de avestruz (Come de um tudo)
63- Engoliu caroço de melancia (Ficou grávida)
64- Eu quero é prova e 1 real de Big Big (Prove!)
65- Faca de dois gumes (Os dois lados da moeda)
66- Faça-me uma garapa (Me poupe)
67- Farinha do mesmo saco (Tudo igual)
68- Farinha pouca meu pirão primeiro (Primeiro eu/ vou me garantir)
69- Fala mais do que a nega do leite (Fala muito)
70- Farofeiro (Sem educação)
71- Fazendo um quibe (Apalpando um pênis)
72- Fazer de um limão uma limonada (Superar problemas)
73- Foi garçonete da Santa Ceia e reclamou da gorjeta (Muito velha)
74- Fritado no congresso (Perdeu o cargo)
75- Fulano é osso duro de roer (Pessoa difícil)
76- Galinha velha é que dá bom caldo (Quanto mais velho, melhor)
77- Jabá (Pagar por um benefício)
78- Jogar farofa no ventilador (Espalhar fofoca)
79- Jogou truco na mesa da Santa Ceia (Idem anterior)
80- Jogar um verde pra colher maduro (Blefar)
81- Lamber o prato (Tirar proveito)
82- Lamber sabão (Se catar)
83- Largar o doce (Contar um segredo)
84- Lugar de mulher é na cozinha (oi?)
85- Mais enrolado que linguiça de venda (Numa fria)
86- Mais feio do que indigestão de torresmo (Muito feio)
87- Mais perdido que cebola em salada de fruta (Perdido)
88- Mamão com açúcar (Bobo)
89- Maracujá de gaveta (Enrugada)
90- Molhar a garganta (Beber água)
91- Molhar o biscoito (Fazer sexo)
92- Morta-fome (Guloso)
93- Mosca de padaria (oportunista)
94- Motorista de fogão (cozinheiro)
95- Mudar da água para o vinho (Mudança brusca)
96- Mulher para trezentos talheres (Linda, diva, maravilhosa)
97- Não coloque todos os ovos na mesma cesta! (Seja prudente)
98- Não dê o peixe, dê o anzol para pescar (Não entregar de mão beijada)
99- Não deu nem para tapar o buraco do dente (Quando a comida é pouca)
100- Não é sopa! (Não é fácil)
101- Não larga o osso (Não desiste)
102- Não se faz omelete sem quebrar os ovos (Tudo tem o seu preço)
103- Não vale o prato que come (Não vale nada)
104- Não tô comendo nada (Não acredito)
105- Não vá com tanta sede ao pote, que ele se arrebenta (Calma!)
106- Na sombra da bananeira (No bem bom)
107- No frigir dos ovos… (No fim das contas)
108- Nunca vi mais gordo! (Nunca vi o fulano)
109- O cão chupando manga! (Muito feio)
110- Olho de secar pimenteira (Olho gordo)
111- Olho gordo (Inveja)
112- O primeiro milho é dos pintos (Vantagem para quem é de casa)
113- Defender o pão nosso de cada dia (Trabalhar arduamente)
114- Panela velha é que faz comida boa (Experiência é tudo)
115- Pão de pobre só cai com a manteiga para baixo (Se está ruim, pode ficar pior)
116- Pão-pão, queijo-queijo (Elas por elas)
117- Peixe morre pela boca (Gulodice mata)
118- Pensa que é a última Coca-Cola do deserto (Se acha!)
119- Tô com um pepino pra resolver. (Problema)
120- Picolé de chuchu (Pessoa sem graça)
121- Pimenta no cu/olho dos outros é refresco. (Só sabe quem tá passando)
122- Pirar na batatinha (Não falar coisa com coisa)
123- Pisar no tomate (Fazer uma besteira)
124- Pitéu (Pessoa bonita, comida gostosa)
125- Por cima da carne-seca (Tá podendo)
126- Procurar cabelo em ovo (Problema onde não há)
127- Puxar brasa para a sardinha (Beneficiar-se)
128- Quando tu ia com o fubá eu já vinha com o angu pronto! (Pessoa viva)
129- Quanto mais velho, melhor o vinho (Experiência é tudo)
130- Quem com porcos se mistura, farelos come (Más influências)
131- Quem convida dá o banquete (Quem convida paga a conta)
132- Quem nunca comeu melado, quando come se lambuza (Sobre excessos)
133- Quem não chora, não mama (Pedir ajuda)
134- Que nem um queijo suíço (Cheio de buraco)
135- Quer aparecer? Coloca uma melancia no pescoço!
136- Quer moleza? Senta na gelatina! (Não é mole não!)
137- Rapadura é doce mas não é mole não! (A coisa é boa mas não é fácil)
138- Raspa de tacho (No final)
139- Rente que nem pão quente (Rápido)
140- Saco vazio não para em pé (De barriga vazia não rola)
141- Sair da frigideira para cair no fogo (De uma situação ruim para uma pior)
142- Se acha a última bolachinha recheada do pacote (Se acha)
143- Se achando o gássssssssss da Coca-Cola (Ídem anterior)
144- Socar caipirinha no cálice da Santa Ceia (Passando por maus bocados)
145- Sopa no mel (Fácil)
146- Sustentar burro a pão-de-ló (Dar vida boa a gente folgada)
147- Tampa de Crush (Gente fina)
150- Tá pensando que beiço de jegue é arroz-doce? (Né moleza não!)
151- Tá pensando que rabo de porco é saca-rolha? (Idem acima)
152- Tempestade em copo d´água. (Muito barulho por nada)
153- Tua batata tá assando. (Me aguarde)
154- Tudo acaba em pizza. (Mutreta)
155- Tudo mastigadinho (Pronto)
156- Uma uva! (Um primor!)
157- Vai catar coquinho! (Não enche o saco)
158- Vá plantar batatas! (Idem anterior)
159- Vá plantar ovo! (Não enche o saco!)
160- Vender o peixe! (Promover-se)
161- Viajar na maionese (Não falar coisa com coisa)

 

Bookmark and Share
Posted in Dicas, Inspiração, Vida saudável | Tagged , | Leave a comment

Delicadamente Rock and Roll

 

 Hoje é a vez da nossa bela Thana Nascimento. A que deixa nossas modelos fotografadas para Armário Básico ainda mais bonitas, depois de passarem pelas estilosas, delicadas ou ousadas pinceladas das suas mãos.

Armário Básico para qualquer estilo e em qualquer idade.

 

 

 

Thana Nascimento é nossa maquiadora e quem faz a beleza Armário Básico desde a primeira edição.

Fotografia:  David Arrais

 

 

 

Ref.  Top cropped fustão marinho, conjunto linho estampa detalhes tela.

 

 

 

Bookmark and Share
Posted in Coleção Primavera - Verão 2014/15, Coleções | Tagged , , | 1 Comment